quarta-feira, junho 30, 2010

Discos novos na Zona 8

Up, Bustle and Out "soliloquy" [Collision]

Pablo Yglesias é DJ Bongohead, o homem da linha da frente dos Up, Bustle and Out que junta aqui em 13 temas (17, se contarmos com os extras) o testemunho constituido por cenários coloridos e exóticos onde estão presentes as vozes de Sevval Sam (da Turquia), Benjamín Escoriza (dos Radio Tarifa) e Amal Murkus (da Palestina), entre outros.
Médio Oriente, Ibérica, Africa, India e muitos mais pontos do globo encontram-se nos ritmos
downtempo / world music, recheados de influências dub da Jamaica ou Bristol, de "Soliloquy".

> posto de escuta <






Kuniyuki Takahashi "walking in the naked city" [Mule Musiq]

O japonês Kuniyuki, as vezes também se chama Koss, lança o seu terceiro longa duração. Em
"Walking In The Naked City" Kuniyuki recrutou alguns nomes de peso para o disco, como pianista Fumio Itabashi, as cantoras Josée Hurlock e Kristiina Tuomi (que já trabalhou com Carlos Bica nos Tuomi) e o colaborador, produtor e amigo de longa data, Henrik Schwarz (que curiosamente empresta a sua voz ao tema "once again", o primeiro single do disco).
"Walking In The Naked City" é um disco que vive na estética do
jazz e da world music mas com técnicas de produção deep house, numa vibração muito orgânica ajudada pelos sons electrónicos criados por Kuniyuki.

> posto de escuta <






TJ Kong & Nuno dos Santos "after dark, my sweet" [Compost]

Esta dupla diz estar disposta a trazer emoções humanas ao house e techno. Querem que este disco vá para além do dancefloor, que não seja um disco de one hit wonder ou "vira o disco e toca o mesmo".
"After Dark, My Sweet" é um disco sólido, que caminha dentro dos vários espectros da
house music com fidelização no deep. Dos temas instrumentais aos vocais tudo é encaixado de uma forma perfeita e com muito amor e devoção. O disco conta com as participações de Spunk (dos Marbert Rocel), a nigeriana Nicolette (que para além da sua carreira a solo já trabalhou com os Massive Attack), de Jemeni (a voz de "no more dating dj's" de Nick Holder), Edward Capel (o músico de Eindhoven toca clarinete na faixa final do disco) e ainda de uma das grandes vozes da house music, o americano Robert Owens.

> posto de escuta <






Glitterbug "privilege" [C.Sides]

Inspirado pela sua tournée de 2009, Glitterbug apresenta um disco duplo de ambient techno onde criou a maioria das faixas e fez as gravações de campo durante esse tempo.
"Privilege" não é um disco brilhante, e muito menos se o escutarmos de uma só vez, mas traz lá dentro umas quantas pérolas escondidas. Certamente que aqui vão encontrar "aquela" faixa ideal para "aquele" momento de meditação.

> posto de escuta <






Blue Six "noesis" [Naked Music]

O produtor nova-iorquino Jay Denes (a.k.a. Blue Six) aprendeu com a escola Luther Vandross / Barry White, que a sua música seria a "de fazer meninos".
Eis que surge o seu novo longa duração "Noesis". Seguindo os passos do anterior, disco o mentor da Naked Music traz um disco cheio de
soul, sensualidade, doces vozes femininas e grooves sensuais para dançar a dois. Para além dos 2 nomes acima mencionados, podemos encontrar por aqui inspirações de Sade ou Chic.
Chamem-lhe
loungetronica, deep house sexy house, electro soul, ou outra coisa qualquer, basta encontrar o terraço com a festa ideal para ver o pôr-do-sol.

> posto de escuta <







The Future Sound Of London "Environments 3" [FSOL Digital]

Terceiro volume da saga "Environments" da dupla Garry Cobain e Brian Dougans.
Felizmente, ou não, este volume segue o padrão dos 2 anteriores, não criando nada de novo para além das belas melodias de
ambient ou música concreta que nos habituaram. Continuam por lá os sons obscuros e misteriosos, as guitarras acústicas, as harpas, as flautas, etc, e toda a parafernália electrónica que alimenta o nosso imaginário sobre os The Future Sound Of London.
Apesar de tudo este é mais um titulo recomendado pela
Zona 8.

> posto de escuta <






Andy Compton "kholofelo" [Peng]

Depois de 15 anos a editar deep house como parte dos The Rurals, Andy Compton decide lançar-se num disco a solo. Para isso decidiu rodear-se de um talentoso grupo de músicos, vozes e poetas de vários pontos do planeta.
Este conjunto de temas, alguns já editados, outros nunca escutados e outros novinhos em folha, podem tornar-se numa excelente banda sonora para este Verão 2010 para momentos mais refrescantes e descontraídos.
O estilo musical deste disco de Andy Compton é descrito, curiosamente, no
press release da Peng como afrodevon deep soul music.

> posto de escuta <

sexta-feira, junho 25, 2010

Village Underground

Village Underground é um projecto que dá nova vida - ou melhor, recicla - as velhas carruagens de comboio transformando-as em locais de trabalho baratos mas arrojados.
O designer Auro Foxcroft desenvolveu este inspirador projecto de consciência social, ambiental e artística que viaja pelas artes, criatividade e cultura.
A expansão do Village Underground passa por Berlim, Lisboa e Toronto.





Saibam mais sobre o projecto original em villageunderground.co.uk

domingo, junho 20, 2010

Lazerproof = La Roux + Major Lazer

Os Major Lazer (duo de Diplo e Switch) resolveram fazer uma revisão do disco "Bulletproof" de La Roux.
O resultado ganhou forma na mixtape "Lazerproof", uma brincadeira com piada que destila ritmos dancehall, hip-hop ou reggae em sucessos como "bulletproof" ou "in for the kill". Estas novas versões foram trabalhadas na Jamaica e isso nota-se.
As músicas estão aqui, em baixo, prontas para serem descarregada porque são de borla.

&amp;amp;amp;lt;a href="http://maddecent.bandcamp.com/album/lazerproof"&amp;amp;amp;gt;Bulletproof (Nacey Remix ft. Matt Hemerlein) by Mad Decent&amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;gt;

sábado, junho 19, 2010

SeventySeven






Gostamos da colecção de t-shirts para homem e senhora da Seventyseven.

seventyseven.co.uk

Ícones [parte #020]

Ícone: (do grego eikon, "imagem") é uma imagem, fotografia, ou representação; é um sinal ou alguma coisa que serve para significar ou representar algo. Na cultura popular designa um símbolo,algo ou alguém que é reconhecido e reconhecível por ter certas qualidades superiores aos demais no sentido figurativo, usualmente associado a religião, cultura, politica ou economia.

[Nelson Mandela]

sexta-feira, junho 18, 2010

Glimpse e Highgrade


Glimpse "runner" [Crosstown Rebels]

O disco de estreia de Glimpse vem mostrar a sua sensibilidade underground, o seu amor pelos sons analógicos e samples / atitude dos anos 60 e 70, criando aqui o que se pode chamar de intelligent house music.
Sem ser preciso ritmos intensos, Glimpse mostra um groove inevitável seja de raiz house (ou mesmo techno - ouça-se "if i was your girl". A abertura de mente também está aqui presente, exemplo disso são as várias influências aqui incluídas, jazz, soul, r&b, clássica, latina, África ou o Oriente, tudo produzido por técnicas inovadoras e experimentais. E não se admirem se em cada faixa encontrarem uma obra prima.

> posto de escuta <

myspace.com/glimpserecordings







Vários "Ten Years of Highgrade" [Highgrade]

"Ten Years of Highgrade" é o culminar de 79 vinis lançados, 31 lançamentos digitais e 9 discos de longa duração de artista. A família da editora, de Berlim, Highgrade consiste em 14 artistas permanentes e 80 músicos convidados.
Este duplo cd (e também em download) de aniversário tem o pulsar essencialmente techno com várias influências com nomes de peso como Tom Clark (o fundador), Guido Schneider, James Flavour, Prompt ou Format:B. O techno por aqui está em boas mãos, seja ela mais para o deep, para o minimal ou mais housey.

> posto de escuta <

highgrade-records.de

quinta-feira, junho 17, 2010

Silencio... é a palavra

[clica na imagem para ampliar]

Durante quase duas semanas, de 16 a 26 de Junho, a palavra dita vai estar em destaque na cidade de Lisboa.
O Festival Silêncio!, em segunda edição, traz espectáculos e actividades que cruzam a literatura e outras artes em vários palcos da capital.
A destacar as presenças de Ursula Rucker, Saul Williams, Ghostpoet, Ami Karim, José Luis Peixoto, JP Simões, Kalaf, entre outros.
As performances vão acontecer no Musicbox Lisboa, Goethe-Institut Portugal, Instituto Franco-Português, Cabeleireiro Motor Hairport, Espaço Nimas, Faculdade de Letras da UL, Largo de São Paulo, Largo dos Stephens e Teatro Maria Matos.

festivalsilencio.com

sábado, junho 12, 2010

Phonique a beijar estranhos


O disco certo na altura certa. A editora Dessous, de Steve Bug, arrisca-se a lançar o grande disco do Verão de 2010.
Mantendo-se fiel ao deep house que sempre o caracterizou e conseguindo fugir à vaga minimal (ou será mnml ?) da cidade onde reside, Berlim, Michael Vater lança agora o seu 3º longa duração caracterizado por um amadurecimento musical e criando um deep house recheado de alma, modernidade e vibrações de Verão. Em "Kissing Strangers", Phonique aproveita também para fazer algumas homenagens, como a sua versão do clássico "thousand finger man" de Candido, a inclusão das teclas de "africa" dos Toto em "afrique" ou de "summertime" dos Kool and the Gang em "summer". Surpresa também para o ambiente a lembrar Sade em "amy's heart" ou ritmo swing de "a change receives the blessing".
Este disco teve nos vocais de Louie Austen, Ruben Scheffler, Ian Whitelaw, Nadeshda, Georg Levin, Ofrin e Rebecca, foi co-produzido por Alex Krüger ( companheiro musical de longa data de Phonique e mais conhecido por Tigerskin. Algumas faixas tiveram a ajuda, na produção, de nomes bem conhecidos como Gui Boratto, H.O.S.H., Kiloo, Kikiorix, Abyss e Pupkulies.
Quinze faixas, quinze potenciais singles para as pistas de dança ou rádios. E talvez fique na moda beijar estranhos!...

> posto de escuta <


myspace.com/phonique
dessous-recordings.com

sexta-feira, junho 11, 2010

Pirate Popular Sound Clash 2010

[clica para ampliar]

Este ano, o Pirate Popular Soundclash - a acontecer entre as 18h do dia 12.Junho e as 3h do dia 14:Junho - será realizado a bordo do barco Príncipe Perfeito, ancorado no rio Tejo, com a festa a ter transmissão directa para os soundsystems montados nos Miradouros do Adamastor e de São Pedro de Alcântara.
A emissão radiofónica pirata será conduzida pelos locutores do Ginga Beat (Antena 3), Violet, DJ Mpula e Rui Miguel Abreu, e pode ser sintonizada em 99.0 FM (grande Lisboa) ou através de redbullmusicacademy.com.


quarta-feira, junho 09, 2010

Preguntas Hermosas



Curta metragem inspirada em "Poema X" de Pablo Neruda e "Under the Harvest Moon" de Carl Sandburg.

quarta-feira, junho 02, 2010

Capas animadas
















Mais capas animadas de discos em animatedalbums.tumblr.com

Zona 8 / DJ Deev chart

Os temas mais rodados por DJ Deev na Zona 8 nas últimas semanas:


Kuniyuki & Henrik Schwarz "once again" (Kuniyuki version) [Mule]
Cubik Zirconia "josephine" (Egyptrixx dub) [Don't Cry]
Roman Flugel "brian le bon" [LARJ]

Alan Ho and Marlene "je pense a toi" [Composite]
Tiefschwarz feat. Daniel Wilde "home" [Souvenir]
Phonique feat. Ian Whitelaw "our time our chance" (Andre Lodemann remix) [Dessous]
Alton Miller & Amp Fiddler "when the morning comes" (main vocal mix) [Defected]
Kyle Hall "create your own existence" [Moods & Grooves]
Thomas Bjerring "stratus" [Traum]
Kid Massive & Little Martinez "a si" [Stealth]
Ron Deacon "untitle b2" [Workshop]
Pete Heller "overtime" [Buzzin' Fly]
Trickski "sunbeams" [
Delusions of Grandeur]
Vince Watson "love in f minor" [Everysoul]
Kelis "acapella" ( DJ Deev rework) [cd-r]


Nota: Os temas desta lista encontram-se por ordem aleatória