quinta-feira, novembro 29, 2007

Familia Fazuma

"Adoramos Reggae porque é provavelmente o género musical que mais pessoas junta no mundo. Gostamos das raízes africanas, das influências americanas, do lado étnico, da vertente urbana, da cena experimental e criativa, mas também da faceta pop. Gostamos de procurar as repercussões na música de hoje e de encontrar influências nos mais variados géneros musicais; Gostamos da vocação para a dança e da postura relaxada, mas também da musica feita para a mente. Gostamos da mensagem de paz, mas também da rebeldia. No fundo, gostamos de ouvir Reggae, porque nos aquece o coração : ) Mas divulgamos toda a música que nos faça sentir bem, mais vivos. Gostamos de Hip Hop, Funk, Afro Beat, Kuduro, Kwaito, Favela, Dub, Kizomba, esses mambos todos. Gostamos de "Música Enrolada"."

myspace.com/radiofazuma

musicaenrolada.blogspot.com

domingo, novembro 25, 2007

MSKYO


MSKYO (Mamma Said Knock You Out, que tambem é o titulo de uma música do rapper L.L. Cool J) é a reinvenção do clássico troley de compras das "avózinhas".
Criado pela Claassen & Partner, o MSKYO trata-se de um sistema de som (ou sound system, como anda agora na moda dizer) portátil, para ligar um instrumento, leitor de cd´s, leitor mp3, leitor de mini-disc, ou computador portátil. Depois é só fazer a festa!
Disponivel em xadrez de oxford (ou, sob encomenda, noutro padrão á escolha).

O circo do futuro em Portugal


A companhia internacional Cirque Du Souleil traz ao Pavilhão Atlântico (Lisboa) o espectáculo Delirium entre os dias 28.Novembro e 2.Dezembro.
Delirium é a busca pelo equilíbrio, num mundo em crescente assincronia com a realidade. É um espectáculo que ultrapassa todos os limites da performance em sala através da utilização de recursos técnicos inovadores e, sobretudo, da criatividade e imaginação humana. Delirium eleva a música até à dimensão do movimento.



quarta-feira, novembro 14, 2007

O futuro é um pacemaker?



Apresentado no último festival Sónar (Espanha), o Pacemaker promete revolucionar a arte do djing, sendo possivel a qualquer um fazer misturas de grande nivel desde que acerte as batidas visualmente (já que este pequeno aparelho faz o favor de colocar os 2 temas a misturar nas mesmas batidas por minuto).
É como se encolhessem os leitores de cds / gira-discos, mesa de mistura e unidade de efeitos num ipod.
O Pacemaker tem memória de 120GB e uma qualidade sonora 25 vezes superior a qualquer ipod.


pacemaker.net/

myspace.com/pacemakerpocketsizedjsystem

youtube.com/Pacemaker01

Carl Craig no Trintaeum


Uma das maiores (se não a maior...) referências da música electrónica contemporânea vai estar no Trintaeum.
Oriundo de Detroit - a cidade onde nasceu o techno e o mais importante pólo de inovação da música electrónica a nível planetário das últimas duas décadas -, Carl Craig representa hoje a síntese do melhor que a cidade industrial norte-americana nos ofereceu desde os longínquos tempos do activismo negro dos anos 70 e da sua expressão ao nível da música independente, corporizada, entre outros, pelo jazz espiritual da Tribe.
Tendo surgido integrado na segunda geração de criadores de Detroit originada pela revolução Tecno, herdeiro de Juan Atkins, Derrick May e Kevin Saunderson, a par, entre outros, da Underground Resistance, Carl Craig é talvez o mais fragmentário, e simultaneamente o mais aglutinador dos representantes da cidade, e aquele que mais profundamente viria a marcar a evolução da mais moderna música negra de expressão urbana.
Fundou a Planet E, onde editou Moodyman e o saudoso Jaydee. Foi responsável por projectos seminais como 69, Paperclip People, Innerzone Orchestra e Detroit Experiment (em que colaborou com alguns dos músicos que nos 70 fundaram a Tribe ...). Remisturou um vastíssimo número de projectos tão díspares como Cesária Evora, The Congos, Incognito, Ultramarine, Maurizio, Theo Parish ou Coldcut, só para citar alguns, tendo sempre deixado a sua marca em momentos de excepção que constituem alguns dos mais arrojados exercícios de re-leitura/reconstrução de que há memória. E viu o seu trabalho enriquecer os catálogos de selos como a Mo Wax, Talkin' Loud, !K7, Clone, Transmat, KMS, Ninja Tune, Ubiquity, Ferox, Playhouse, Peacefrog, Phono ou Honest Jon's.
Com todo este historial, Carl Craig mantém-se mais actual do que nunca, editando regularmente trabalhos que se tornam imediatamente clássicos, de que são exemplo as muito recentes remisturas para Tony Allen ou LCD Soundsystem.

Dia 16.Novembro, Sexta-feira, Carl Craig partilha o seu génio com todos aqueles que procuram o melhor que a música tem para nos oferecer. Dificilmente o Porto terá uma noite melhor...


Mais infos em:
myspace.com/carlcraig
myspace.com/planetecom
trintaeum.com

domingo, novembro 11, 2007

Drew Flaherty






Sinais por Dan Witz





Tech Awards 2007

A revista inglesa DJ realizou mais uma edição dos Tech Awards, onde especialistas convidados escolhem os melhores produtos para os DJs e produtores na área da musica electrónica e urbana. Este ano os jurados foram, entre outros, James Zabiela. Ed Solo, JBF, Si Begg e Mark Settle.
Deixamos aqui alguns dos vencedores.


Produto Mais Inovador:

Vestax Controler One





Mesa de Mistura de Última Geração:

Pioneer DJM-800





Melhor Unidade de Efeitos:

Korg Mini KP





Melhores Auscultadores:

Sennheiser HD25





Melhor Gravador Portátil:

M-Audio Micro Track 24/96




Melhor Software de Estúdio:

Ableton Live

domingo, novembro 04, 2007

Estilo

O estilo "são as decisões que tomas ou deixas de tomar. O facto de institivamente ter optado por fazer a risca no olho tipo Cleópatra e de não ter pintado os lábios. O que se tornou parte de mim mesma ao longo dos anos."
by Betsey Johnson
Algures numa rua de Banguecoque

Future Sounds Of Jazz Vol. 11


Michael Reinboth, do colectivo Jazzanova e um dos patrões da Compost Records, compila periodicamente uma selecção de temas actuais dentro da área da electrónica que apresentem o espirito do jazz. A essas colectâneas chamou de "Future Sounds Of Jazz". O volume número 11 está pronto para saír para os escaparates.
Com faixas em exclusivo, remixes e muito mais, "Future Sounds Of Jazz Vol. 11", traz temas de Koop, Invisible Session, Yanna Veldevit, 400 Blows, Blackjoy (em remistura de Prins Thomas) ou Dennis Ferrer. Música moderna e sofisticada para clubs, de minimal house ao tech jazz.
Desta vez aqui na Zona 8 vamos dar-vos a opurtunidade de poderem descarregar para o vosso computador este disco na integra. Tudo em nome da divulgação da boa música.
Não se esquecam de apoiar os artistas presentes nesta obra, comprando o cd original.
Posto de escuta >> aqui <<

Descarregar:
>> parte 01 <<

press release:
Michael Reinboth presents volume 11 in the "Future Sounds Of Jazz" series. Modern sophisticated club music - from minimal house to tech jazz. Including tracks by Dennis Ferrer, Blackjoy, The Invisible Session, Solomun & Stimming etc. and remixes by Prins Thomas, Panoptikum, Drumlesson etc. (four exclusive tracks). "Call this what you want - but not Jazz. John Coltrane would turn over in his grave," some disappointed customer wrote on Amazon about the Future Sounds Of Jazz series, apparently unaware that the term is used as synonym with the full spectrum of modern sophisticated club music. No matter if the beats are straight or broken, up- or downtempo the music connoisseur Michael Reinboth presents rarities, exclusives and contemporary beauties with a certain jazzy attitude. So welcome to the eleventh chapter of this exquisite compilation series that was launched way back in 1995. The longevity may be the most obvious proof for its success - and quality! Not for nothing in the past years Future Sounds Of Jazz has been voted repeatedly one of the best compilation series of all times in English and German music magazines like Mixmag, Jockey Slot and Groove. But instead of being misled to rest on his laurels Mr. Reinboth is only incited to update his track record. Anyway, a lot of great soulful electronic music out there at the moment and this package right here takes you on a diversified trip into the deeper spheres of advanced dance music. The selection ranges from warm but fragile minimal house by Solomun & Stimming to Christian Prommer's luscious tech-jazz-rework of Koop. With the rare Extended Mix of "Movin" by 400 Blows there is even some kind of protoype Nu Disco track from the 80s included. Business as usual, there is a bunch of exclusive and unreleased highlights awaiting you like the brand new Panoptikum Remix of Invisible Session's "Til The End", "Salome" by British newcomer Joash or the instrumental remix. These stand out cuts will be available on CD or for download for the very first time. Surely John Coltrane would turn over in his grave when hearing this - looking for some more room to dance!