quarta-feira, maio 31, 2006

As mais rodadas por DJ Deev

As mais rodadas na Zona 8 por DJ Deev em Maio de 2006:

JIMMY EDGAR hold it, attach it, connect it [Warp]
HIDEO KOBAYASHI almost there [Om]
GERD ft ERNESTO in love with you I tell ya [News]
JIMPSTER ft SHAYE in so deep [Freerange]
RODAMAAL insomnia (Âme remix) [Buzzin' Fly]
TRENTEMØLLER nam nam (DJ Deev edit) [white]
VOOM VOOM my best friend [!K7]
HENRIK SCHWARZ, ÂME, DIXON ft DERRICK L CARTER where we at (version 1) [Innervisions]
JOHN TEJADA the end of it all [Palette Recordings]
COLDCUT ft ROBERT OWENS walk a mile (Henrik Schwarz remix) [Ninja Tune]

segunda-feira, maio 29, 2006

Gira-discos a laser

A empresa nipónica ELP inventou o 1º gira-discos a laser.
Os "velhos" vinis são lidos através de laser, o que faz com que, para além de ter um som excelente, tão não gaste o vinil e mantenha aqualidade original dessa gravação analógica.
Quanto ao preço...só vos digo que é... imenso!!

Mais info:
elpj.com

quinta-feira, maio 25, 2006

Pet Shop Boys

Já roda na Zona 8, o novo albúm dos Pet Shop Boys.
Chama-se "Fundamental", é o nono albúm de estúdio de Neil Tennant e Chris Lowe (desta vez produzido por Trevor Horn) e já lhe chamaram o grande disco da carreira da dupla.
"Fundamental" é um disco verdadeiramente Pet Shop Boys! Pop dançavel sem grandes rodeios, mas desta vez com várias mensagens politicas, sendo a primeira a que vem no single de apresentação, " I'm with stupid" que Neil descreve da seguinte forma: «é uma música de amor, sobre como o resto do mundo não entende porque andas com uma certa pessoa. É também uma sátira à relação entre Blair e Bush, do ponto de vista do Blair». Mas mais se seguem em faixas como "Luna Park", "Psychological" ou "Luna Park".
A nossa edição de vem acompanhada de um outro cd ("Fundamentalism") com remisturas de 8 temas do original a cargo de gente como Trentemøller, Michael Mayer ou Richard X. Existe ainda uma edição japonesa (claro!) com mais 2 temas, sendo um deles uma remix de Tiga.

sábado, maio 20, 2006

Tree Spirit Project

Descobram este projecto fotográfico interessante:

Os novos albúns na Zona 8 (Maio - parte 2)

v/a-"om lounge 10"

ao 10º capitúlo da série, a editora de S. Francisco (E.U.A), OM Records, volta a redefinir as fronteiras do lounge. Do ambiente "fumegante" de Samantha James, passando pelos laivos de r'n'b de Shazzam, vibrações electrónicas com vozes sexy no tema de Gill T, sentimentos jazzy com Sidestreet Players, apelos á pista de dança com Michelle Shaprow, até á flauta "saborosa" do tema final a cargo de Hideyo Kobayashi.






Jimpster-"amour"


"ok, good evening... I don´t speak japanese but i speak a language that everybody here understands, absolutly digital transfered into digites and going straight into your ears in a analogue way". É assim que começa a viajem por "amour" o novo albúm de Jamie Odell, aliás Jimpster, uma caminhada por entre bonitos tapetes vocais sobre muito boas paisagens musicais. Do downtempo ao deep house com participações vocais de Capitol A, Alexander East, Shaye, Elsa Hedburg, Diamond Dancer e Rasiyah. A descobrir em tardes quentes ao por do sol... com uma boa companhia.

quinta-feira, maio 18, 2006

terça-feira, maio 16, 2006

Os novos albúns na Zona 8 (Maio)

Voom Voom - "peng peng"

este super projecto reune 3 (reis ?!) magos da electrónica mais leftfield: Peter Kruder (Kruder & Dorfmeister, Peace Orchestra) e Christian Prommer & Roland Appel (Fauna Flash, Truby Trio). "Peng peng" reune os 4 ep's anteriormente lançados pelo trio com uma faixa nunca antes editada. Neste albúm encontramos salpicos e fusões de electro, house (nas suas várias vertentes), detroit techno e ambient. Evidentes tambem memórias de Daft Punk, Scissor Sister, 808 State, Carl Craig, Utah Saints ou até mesmo Air ou Jean Michel Jarre. Os Voom Voom apresentam um albúm destemido de pura dance music, com muita alma, numa pequena amostra daquilo que sabem que quermos ouvir nas pistas de dança (e não só!)





Kaito - "hundred million years"

de Tóquio chega-nos Hiroshi Watanabe com o seu 3º albúm sob o pseudónimo Kaito. Considerado o maestro do nu-trance (não tenham medo!) e cosmic kitsch, Kaito traz uma fusão da melhor trance dos anos 90 com o som habitual da Kompakt. Música para viajar pela estratosfera ou se quiserem MDMA para os ouvidos

Bibliochaise

Se gostam de se "apronfundar na leitura" aqui tem a cadeira ideal para isso!
Literalmente a Bibliochaise é uma cadeira-biblioteca ou se preferirem uma biblioteca-cadeira.
Os italianos da Nobody and Co descobriu que aqui na Zona 8 temos as revistas, jornais e livros espalhados por toda a produção e resolveu criar esta cadeira...


Mais info em:

sábado, maio 13, 2006

The Amalgamation of Soundz

Com mais de dez anos de carreira, os The Amalgamation of Soundz, são um exemplo de conhecimento musical, talento e carisma. Jean Claude Thompson e Mark Harbottle são a encarnação do espírito freestyle, com a fé e filosofia de que não deve haver regras ou fronteiras na música de dança.
A representar a dupla vai estar no Biba Club, Jean Claude Thompsom, um dos maiores coleccionadores de discos worldwide e com mais de 25 anos de experiência como dj.

sexta-feira, maio 12, 2006

Zona 8 - 14º aniversário

O conceito Zona 8, primeiro na rádio e depois também em site e blog, comemora este mês de Maio, 14 anos de existência.






Um obrigado especial aqueles que colaboraram mais directamente com a Zona 8: RTL, Carlos Duarte, Zé Coelho, DJ J. Daniel, A.Paul, X-Club, Sandra Lopes, Bela Fernandes, Elisabete Campos, Patricia Martins, Cintia Taylor, Sónia Monteiro, Carla Susana, Kaos, Sofia Louro, Dance Club, Nuno Rodrigues, João Xavier, Umbigo, Rui e Sónia Lemos e todos aqueles que não estão aqui mencionados mas que sabem que colaboraram.

quinta-feira, maio 11, 2006

Nascidos antes de 1986

De acordo com os reguladores e burocratas de hoje,todos nós que nascemos nos anos 60, 70 e princípio de 80 não devíamos ter sobrevivido até hoje, porque as nossas caminhas de bebé eram pintadas com cores bonitas em tinta à base de chumbo que nós muitas vezes lambíamos e mordíamos. Não tínhamos frascos de medicamento com tampas "à prova de crianças" ou fechos nos armários e podíamos brincar com as panelas. Quando andávamos de bicicleta, não usávamos capacetes. Quando éramos pequenos viajávamos em carros sem cintos e airbags - viajar à frente era um bónus. Bebíamos água da mangueira do jardim e não da garrafa e sabia bem. Comíamos batatas fritas, pão com manteiga e bebíamos gasosa com açúcar, mas nunca engordávamos porque estávamos sempre a brincar lá fora. Partilhávamos garrafas e copos com os amigos e nunca morremos disso. Passávamos horas a fazer carrinhos de rolamentos e depois andávamos a grande velocidade pelo monte abaixo, para só depois nos lembrarmos que esquecemos de montar uns travões. Depois de acabarmos num silvado aprendíamos. Saímos de casa de manhã e brincávamos o dia todo, desde que estivéssemos em casa antes de escurecer. Estávamos incontactáveis e ninguém se importavacom isso. Não tínhamos PlayStation, X Box. Nada de 40 canais de televisão, filmes de vídeo, home cinema, telemóveis, computadores, DVD, Chat na Internet. Tínhamos amigos - se os quiséssemos encontrar bastavair à rua. Jogávamos ao elástico, à barra e a bola até doía! Caíamos das árvores, cortávamo-nos, e até partíamos ossos mas sempre sem processos em tribunal. Havia lutas com punhos mas sem sermos processados. Batíamos às portas de vizinhos e fugíamos e tínhamos mesmo medo de sermos apanhados. Íamos a pé para casa dos amigos. Acreditem ou não íamos a pé para a escola; não esperávamos que a mamã ou o papá nos levassem ou nos fossem buscar. Criávamos jogos com paus e bolas. Se infringíssemos a lei era impensável os nossos pais nos safarem, pois estes estavam do lado da lei. Esta geração produziu os melhores inventores e desenrascados de sempre. Os últimos 50 anos têm sido uma explosão de inovação e ideias novas. Tínhamos liberdade, fracasso, sucesso e responsabilidade e aprendemos a lidar com tudo.
És um deles? Parabéns!Passa esta mensagem a outros que tiveram a sorte decrescer como verdadeiras crianças, antes dos advogados e governos regularem as nossas vidas, "para nosso bem". Para todos os outros que não têm idade suficiente pensei que gostassem de ler acerca de nós. Isto meus amigos é surpreendentemente medonho ... e talvez ponha um sorriso nos vossos lábios: A maioria dos estudantes que estão nas universidades hoje, nasceram em 1986...chamam-se jovens. Nunca ouviram "we are the world" e "uptown girl" conhecem de Westlife e não Billy Joel. Nunca ouviram falar de Rick Astley, Banarama ou Belinda Carlisle. Para eles sempre houve uma Alemanha e um Vietname. A SIDA sempre existiu. Os CD's sempre existiram. O Michael Jackson sempre foi branco. Para eles o John Travolta sempre foi redondo e não conseguem imaginar que aquele gordo já tivesse sido um dia o deus da dança. Acreditam que a Missão impossível e os Anjos deCharlie são filmes do ano passado. Não conseguem imaginar a vida sem computadores. Não acreditam que houve televisão a preto e branco.
Este texto foi-me enviado pelo meu amigo Vitor Costa e decidi partilha-lo convosco. Parece banal, mas se virem bem dá que pensar ;)

FIMFA Lx 2006

Até 6 de Junho Lisboa acolhe mais uma edição do Fimfa LX- Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas.
Pelo quarto ano consecutivo, Lisboa vai ser palco de animações de rua, exposições e conferências para todos os gostos e idades.
A organização, a cargo da Tarumba, Teatro de Marionetas, vai apresentar ao público espectáculos oriundos de sete países diferentes: Portugal, França, Bélgica, Canadá, Israel, Austrália e Rússia.
Os espectáculos vão ser apresentados em diversos espaços como a Casa d´Os Dias da Água, Centro Cultural de Belém, Livraria Ler Devagar, Teatro Trindade e Teatro Aberto.
Já a animação de rua vai passar entre o Bairro Alto, o Chiado, Praça D. Luís de Camões e a Praça do Comércio.

sexta-feira, maio 05, 2006

Dance Clube de Maio

[clica para aumentar]

Workshop de vjing

Como ser VJ utilizando apenas uma câmara fotográfica digital. É este passo de magia que Ruth Slinger, uma especialista em imagem com mais de vinte anos de carreira no Brasil, vai mostrar num workshop nas Amoreiras, integrado no projecto Urban Jungle. Tudo se passa no primeiro andar do centro comercial e esta aula (totalmente gratuita, basta inscreverem-se) é acompanhada por outras actividades. Existe uma biblioteca com revistas e livros de design e arte contemporânea, uma mini-jungle, espaço onde as crianças podem brincar e uma mostra de video com imagens seleccionadas por Ruth Slinger. Tudo isto com música ambiente misturada ao vivo. De aproveitar...
in Le Cool

quarta-feira, maio 03, 2006

ESBNY

102 andares criados em menos de um ano.
O Empire State Building de Nova Iorque celebra 75 anos, o edificio mais alto da cidade e o maior simbolo da mesma.

Descer a Alfama lisboeta em bicicleta

A.Paul+Ferro+Tó Zé Diogo @ Via Latina (Coimbra)

[clica para aumentar]

Os novos albúns na Zona 8 (parte 4)

v/a -"compost black label series vol.1"

a primeira recolha de máxis da subsidiária da label alemã Compost. Por aqui pode encontrar-se temas conhecidos como o hit rádiofonico de Zwicker ou o club-hit de Minus 8. Uma boa recolha de temas para as pistas de dança mais exigentes e... black (não confundir com r'n'b ou hip hop). A continuar assim a Compost, na minha opinião com a Compost Black, arrisca-se a ser uma das melhores editoras dos próximos tempos.






Gotan Project - "lunático"

a tripla que trocou as voltas ao tango, Phillipe Cohen, Christoph Müller e Eduardo Makaroff, regressam no 2º albúm à fusão do tango com as sonoridades da música eletrónica, jazz, hip-hop e chill-out. Segundo revelou Makaroff, "Lunático" «aprofunda o universo do tango e do folclore argentino, um mundo muito rico que não foi totalmente explorado no primeiro disco». No entanto, «a influência electrónica continua, mas de forma menos evidente». Contam com a participação dos Calexico na faixa "Amor Porteño".

Os Gotan Project regressam a Portugal este ano, para dois concertos. A 06 de Julho, o trio franco-suíço-argentino actua no Coliseu de Lisboa, apresentando-se no Coliseu do Porto no dia seguinte.

Sonar 2006

As mais rodadas por DJ Deev

As mais rodadas na Zona 8 por DJ Deev em Abril 2006:

BOOKA SHADE body language (album mix) [Get Physical]
LAYO & BUSHWACKA! isn’t this a lovely day? [Olmeto]
KING BRITT beauty and warmth [OM]
GNARLS BARKLEY crazy (Spencer Collective edit) [Downtown]
MARC ROMBOY & R. OWENS in my mind [Systematic]
BUNBURY sácame de aquí (DAB remix) [C del M]
NIGHTMARES ON WAX the sweetest [Warp]
GOTAN PROJECT diferente (album version) [¡Ya Basta!]
LEELA JAMES my joy (DJ Deev shelter vocal edit) [white]
VOOM VOOM sao verought [!K7]